Aprendizagem dialógica de probabilidade

Construindo conhecimento matemático a partir da argumentação

Palavras-chave: Probabilidade, Argumentação, Aprendizagem dialógica, Conversa dialógica

Resumo

Objetiva-se analisar como a metodologia da aprendizagem dialógica pode permitir a construção coletiva de conhecimentos matemáticos. Evidenciaremos como a argumentação construída pelas crianças a respeito das soluções encontradas para situações problema envolvendo probabilidade pode conduzir um grupo de 12 alunos do quinto ano do ensino fundamental de uma escola pública a construir conceitos relacionados ao pensamento probabilístico. Utilizamos uma metodologia qualitativa para analisar o modo como, através da conversa dialógica, os sujeitos  foram trocando ideias matemáticas e argumentos sobre os conceitos de probabilidade de modo a construção coletiva de conhecimentos matemáticos. As transcrições e protocolos entregues pelos alunos foram analisados utilizando-se a análise de conteúdo (BARDIN, 2002). Os dados demonstram que esses sujeitos construíram conhecimentos coletivamente sobre a) aleatoriedade, b) eventos impossíveis, c) conceito e aplicação do conceito de probabilidade e d) resolução criativa de problemas envolvendo probabilidade.

Biografia do Autor

Cleyton Hércules Gontijo, Universidade de Brasília

Cleyton Hércules Gontijo é Professor Doutor pelo Departamento e Psicologia da Universidade de Brasília. Atua como docente no Departamento de Matemática-UnB e no Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília. É coordenador do Grupo PI.

Referências

ABREU, Abreu Suaréz. A arte de argumentar:gerenciando razão e emoção. 8.ed. São Paulo: Ateliê Editorial, 2008.

AUBERT, Adriana; FLECHA, Ainhoa; GARCÍA, Carme; FLECHA, Ramón; RACIONERO, Sandra. Aprendizaje dialógico en la sociedad de la información. Barcelona: Hipatia. 2008.

AZEVEDO, Isabel Cristina Michelan de. Capacidades argumentativas de professores e estudantes da educação básica em discussão. In: PIRIS, Eduardo Lopes; OLÍMPIO-FERREIRA, Moisés (orgs.). Discurso e argumentação em múltiplos enfoques. Coimbra: Grácio Editor, 2016. p. 167-190.

BARDIN, Laurence. A análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

CARVALHO, Alexandre Tolentino. Criatividade compartilhada em matemática: do ato isolado à ação coletiva. 2019. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, 2019.

COSTA, Adriana. A educação estatística na formação do professor de matemática. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Educação, Universidade São Francisco, Itatiba, SP, 2007.

CREA. A Aprendizagem Dialógica na Sociedade da Informação: Formação em Comunidades de Aprendizagem. Módulo 2: A aprendizagem dialógica na sociedade da informação. Universidade de Barcelona, 2017.

DÍEZ-PALOMAR, Javier; GARCÍA WEHRLE, Paloma; MOLINA, Silvia; RUÉ, Lourdes. Aprendizaje dialógico en las matemáticas y en las ciencias. Revista Interuniversitaria de Formación del Profesorado, v. 67, n. 24, p. 75- 88. 2010.

DÍEZ-PALOMAR, Javier. Mathematics dialogic gatherings: A way to create new possibilities to learn mathematics. Adults Learning Mathematics: An International Journal, v. 12, n. 1, p. 39-48. 2017. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1159209.pdf. Acesso em: 14 ago. 2022.

COLENGHI FILHO, Maurício; VELASCO, Patrícia Del Nero. A argumentação e o ensino dialógico da Filosofia. EID&A – Revista Eletrônica de Estudos Integrados em Discurso e Argumentação, Ilhéus, n. 18, p. 90-103, 2019. Disponível em: https://periodicos.uesc.br/index.php/eidea/article/view/2306. Acesso em: 14 ago. 2022.

GUERREIRO, Antônio Manuel Conceição. Comunicação no ensino-aprendizagem da matemática: Práticas no 1.º ciclo do ensino básico. 2011. Tese (Doutorado em Educação) – Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, Lisboa. 2011.

LEITÃO, Selma. O lugar da argumentação na construção do conhecimento em sala de aula. In: LEITÃO, Selma; DAMIANOVIC, Maria Cristina (org.). Argumentação na escola: conhecimento em construção. Campinas: Pontes, 2011. p. 13-46.

MIORIM, Maria Angela. Introdução à história da Matemática. São Paulo: Atual, 1998.

OLIVEIRA Helen Silveira Jardim; OLIVEIRA, Renato José. Retórica e argumentação: contribuições para a educação escolar. Educar em Revista, Curitiba, v. 34, n. 70, p. 197-212, 2018. Acesso em: https://www.scielo.br/j/er/a/dSyhvQRCd9NsjCxqsmmcYhh/?format=pdf〈=pt

PERELMAN, Chaim; OLBRECHTS-TYTECA, Lucie. Tratado da argumentação: a Nova Re-tórica. 6. ed. Tradução: Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

REBOUL, Olivier. Introdução à retórica. Tradução: Ivone Castilho Benedetti. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes , 2004.

SANTOS, Lívia da Silva; DE CHIARO, Sylvia; RODRIGUES, Kátia Calligaris. Movimentos discursivos da argumentação e processos cognitivos da aprendizagem significativa no mapeamento conceitual. EID&A – Revista Eletrônica de Estudos Integrados em Discurso e Argumentação, Ilhéus, n. 22, v. 1, p. 61-81. 2022. DOI: http://doi.org/10.47369/eidea-22-1-3345

VINCENT-LANCRIN, Stéphan; GONZÁLEZ-SANCHO, Carlos; BOUCKAERT, Mathias; DE LUCA, Federico; FERNÁNDEZ-BARRERRA, Meritxell; JACOTIN, Gwénaël; URGEL, Joaquin; VIDAL, Quentin. Desenvolvimento da criatividade e do pensamento crítico dos estudantes: o que significa na escola. São Paulo: Fundação Santillana, 2020.

VAN DEN BOSSCHE, Piet; GIJSELAERS, Wim; SEGERS, Mien; WOLTJER, Geert; KIRSCHNER, Paul. Team learning: building shared mental models. Instructional Sciences, v. 39, n. 3, p. 283-301, 2011. Disponível em: https://link.springer.com/content/pdf/10.1007/s11251-010-9128-3.pdf. Acesso em: 13 ago. 2022.

WALLON, Henri. Do ato ao pensamento: ensaio de psicologia comparada. Tradução: Gentil Avelino Titton. 2.ed. Petrópolis: Vozes, 2015.

Publicado
2022-09-07
Como Citar
Carvalho, A., & Gontijo, C. (2022). Aprendizagem dialógica de probabilidade. Revista Eletrônica De Estudos Integrados Em Discurso E Argumentação, 22(2), 107-130. https://doi.org/10.47369/eidea-22-2-3453
Seção
Artigos