Discurso e sujeito em movimento argumentativo sobre o brincar e as brincadeiras na infância

Palavras-chave: Argumentação, Brincadeiras, Discurso verbal e não-verbal, Sujeito discursivo

Resumo

Ao reconhecer o brincar como atividade principal na infância e, também, que o direito de brincar tem sido excluído das rotinas escolares, este trabalho tem o objetivo de analisar o discurso produzido por sujeitos-alunos, na faixa etária entre 6 e 7 anos, a fim de compreender como eles argumentam e constroem sentidos sobre o brincar e as brincadeiras na infância. O trabalho tem como fundamentação teórica os conceitos da Análise do Discurso de Michel Pêcheux, para analisar os efeitos de sentidos produzidos pelos sujeitos, além de considerar, também, os estudos de Plantin para analisar a argumentação referente ao modo como os sujeitos falam de suas emoções, valorizando os afetos que podem ecoar nos argumentos sobre o direito ao brincar.

Referências

ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos de Estado. Tradução: Walter José Evangelista; Maria Laura Viveiros de Castro. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1985.

BECK, Maurício; FONSECA, Rodrigo Oliveira; SANTOS, Aretuza Pereira dos. Recortes discursivos, paradigma indiciário e procedimentos contraindutivos. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, v. 19, n. 1, p. 153-171, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-4017-190102-DO0219. Acesso em: 26 jul. 2021.

CALDAS, Ana Caroline Del Bem. Discurso e sujeito em movimento argumentativo: brincadeiras e arte em Portinari. 2021. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2021.

FERNANDES, Cleudemar Alves. Análise do discurso: reflexões introdutórias. 2.ed. São Carlos: Claraluz, 2008.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Tradução: Raquel Ramalhete. 42.ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história. Tradução: Federico Carotti. 2.ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

GRÁCIO, Rui Alexandre. A interacção argumentativa. Coimbra: Grácio Editor, 2010.

ORLANDI, Eni P. Recortar ou segmentar? Linguística: Questões e Controvérsias. Série Estudos. Uberaba: Faculdades Integradas de Uberaba, 1984. p. 09-26.

ORLANDI, Eni P. Efeitos do verbal sobre o não-verbal. São Paulo: Cortez; Campinas: Ed.UNICAMP, 1995.

ORLANDI, Eni P. Análise do Discurso: princípios e procedimentos. 6.ed. Campinas: Pontes, 2005.

PACÍFICO, Soraya Maria Romano. Argumentação e autoria nas redações de universitários: discurso e silêncio. Curitiba: Appris, 2012.

PACÍFICO, Soraya Maria Romano. Argumentação e autoria: o silenciamento do dizer. 2002. Tese (Doutorado). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, Ribeirão Preto, 2002.

PACÍFICO, Soraya Maria Romano. O direito à argumentação no contexto escolar. In: PIRIS, Eduardo Lopes; OLÍMPIO-FERREIRA, Moisés (org.). Discurso e argumentação em múltiplos enfoques. Coimbra: Grácio Editor, 2016. p. 191-212.

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso. Tradução: Eni Orlandi. In: GADET, Françoise; HAK, Tony (orgs.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 3.ed. Campinas: Ed.UNICAMP, 1997. p. 59-158.

PÊCHEUX, Michel. Papel da memória. In: ACHARD, Pierre et al. (org.). Papel da memória. Tradução e introdução: José Horta Nunes. Campinas: Pontes, 1999.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução: Eni Puccinelli Orlandi et al. 5.ed. Campinas: Ed.UNICAMP, 2014.

PETRI, Verli. O funcionamento do movimento pendular próprio às análises discursivas na construção do “dispositivo experimental” da Análise de Discurso. In: PETRI, Verli; Dias, Cristiane. Análise de Discurso em perspectiva: teoria, método e análise. Santa Maria: UFSM, 2013. p. 39-48.

PLANTIN, Christian. A argumentação: história, teorias e perspectivas. Tradução: Marcos Marcionilo. São Paulo: Parábola, 2008.

PLANTIN, Christian. As razões da emoção. In: MENDES, Emilia; MACHADO, Ida Lucia (orgs). As emoções no discurso. Campinas: Mercado de Letras, 2010. p. 57-80.

Publicado
2021-10-07
Como Citar
Caldas, A. C., & Pacífico, S. M. (2021). Discurso e sujeito em movimento argumentativo sobre o brincar e as brincadeiras na infância. Revista Eletrônica De Estudos Integrados Em Discurso E Argumentação, 21(2), 25 - 41. https://doi.org/10.47369/eidea-21-2-3084
Seção
Artigos