Os modalizadores orientando o enunciado de discentes do curso de secretariado executivo no gênero memorial

Palavras-chave: Argumentação, Modalização, Gênero Discursivo, Memorial

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar os tipos de modalizadores que caracterizam o gênero memorial.  Especificamente, buscou-se mapear os tipos de modalizadores presentes no corpus; descrever os tipos de modalizadores; analisar o funcionamento argumentativo desse fenômeno no gênero em estudo; verificar os efeitos de sentido gerados nos enunciados; e identificar o estilo linguístico, a estrutura composicional e o conteúdo temático do gênero memorial. A pesquisa assume uma abordagem qualitativa, do tipo descritiva, interpretativa e documental, considerando a perspectiva teórica adotada. O corpus foi composto de 06 (seis) memoriais produzidos por alunos do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Os resultados comprovaram a presença de diversos tipos de modalizadores, destacando-se os delimitadores e os avaliativos, que funcionaram como estratégia argumentativa no gênero em estudo, visto que apresentaram uma maior relação com o estilo linguístico do gênero. 

Biografia do Autor

Francisca Janete da Silva Adelino, Universidade Federal da Paraíba

Possui Graduação em Secretariado Executivo (1998) e Graduação em Administração (2008) ambas pela Faculdade de Ciências, Cultura e Extensão do Rio Grande do Norte (FACEX-Natal/RN). É Especialista em Gestão da Qualidade Total (2000) e Mestre em Ciências em Engenharia de Produção (2003) ambos pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É Doutora em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba (2016). Atua como Professora Adjunto II da Universidade Federal da Paraíba na área de Secretariado Executivo e Administração. 

Jaynne Silva de Oliveira Nelo

Graduanda do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da UFPB. Pesquisadora da iniciação científica PIBIC/PIVIC/UFPB.

Kátia Regina Gonçalves de Deus, Universidade Federal da Paraíba

Mestre em linguística pela Universidade Federal da Paraíba.

Professora assistente II do Curso de Secretariado Executivo Bilíngue da Universidade Federal da Paraíba.

Referências

ADELINO, Francisca Janete da Silva. Na trilha dos modalizadores: perscrutando os jogos argumentativos no gênero entrevista de seleção de emprego. 332f. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.

ADELINO, Francisca Janete da Silva; NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do. A modalização deôntica no gênero entrevista de emprego: estratégia semântico-argumentativa. Revista Diálogo das Letras, v. 6, n. 2, p. 460-480, 2017.

ADELINO, Francisca Janete da Silva; NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do. O funcionamento semântico-argumentativo da modalização epistêmica quase-asseverativa. Revista do GELNE, Natal, v. 20, n. 2, p. 98-110, 2018.

ADELINO, Francisca Janete da Silva; NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do. A modalização epistêmica asseverativa na construção argumentativa de entrevistas de seleção de emprego. Revista Entrepalavras, Fortaleza, v. 9, n. 1, p. 287-302, 2019.

ARCOVERDE, Maria Devanira de Lima; ARCOVERDE, Rossana Delmar de Lima. Leitura, interpretação e produção textual. Campina Grande; Natal: UEPB; UFRN, 2007.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Tradução: Paulo Bezerra. 6.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

CASTILHO, Ataliba Teixeira de; CASTILHO, Célia Maria Moraes de. Advérbios de Modalizadores. In: Gramática do português falado. Volume II: Níveis de análise linguística. 4. ed. Campinas: Ed.UNICAMP, 2002.

CERVONI, Jean. A enunciação. Tradução de: L. Garcia dos Santos. São Paulo: Ática, 1989.

GIL, Antônio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GODOY, Arilda Schmidt. A pesquisa qualitativa e sua utilização em administração de empresas. Revista de Administração de Empresas, v. 35, n. 4, p. 65-71, 1995.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5.ed. São Paulo: Atlas 2003.

NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do. Os gêneros do discurso e os manuais da redação comercial e oficial. In: NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do (org.). A argumentação na redação comercial e oficial. João Pessoa: Editora universitária da UFPB, 2012. p. 15-27.

NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do; SILVA, Joseli Maria da. In: NASCIMENTO, Erivaldo Pereira do (org.). A argumentação na redação comercial e oficial. João Pessoa: Editora universitária da UFPB, 2012. p. XX-XX.

NEVES, Maria Helena de Moura. Texto e Gramática. 2.ed. São Paulo: Contexto, 2016.

UFPB; CONSEPE. Resolução nº 41/2006. Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Secretariado Executivo Bilíngue, do Centro de Ciências Aplicadas e Educação, Campus IV, Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão, da Universidade Federal da Paraíba, 2006. Disponível em: sigarq.ufpb.br/arquivos/2015142019190310011568873c50140d/Resoluo_41_2006.htm Acesso em: 15 jun 2020.

Publicado
2020-12-23
Como Citar
da Silva Adelino, F. J., Silva de Oliveira Nelo, J., & Gonçalves de Deus, K. R. (2020). Os modalizadores orientando o enunciado de discentes do curso de secretariado executivo no gênero memorial. Revista Eletrônica De Estudos Integrados Em Discurso E Argumentação, 20(3). https://doi.org/10.47369/eidea-20-3-2872
Seção
Artigos Inéditos