A interação dos argumentos nos processos argumentativos de uma reportagem sobre bullying nas escolas

Palavras-chave: Tese, Técnicas argumentativas, Ineração, Reportagem

Resumo

Este artigo objetiva analisar a interação dos argumentos com vistas a compreender a força da argumentação presente na construção de uma reportagem sobre bullying nas escolas. O trabalho se fundamenta nos estudos de Perelman & Olbrechts-Tyteca (2005), Cunha (2005), Bakhtin (2016), Amossy (2018), entre outros estudiosos. Os resultados apontam que a força dos argumentos está relacionada às teses principais e às escolhas dos argumentos de sustentação que, por sua vez, variam de acordo com o auditório a quem o orador se direciona e com o gênero textual utilizado na enunciação. Sendo assim, o objeto de estudos desta investigação se configura em uma temática importante para a argumentação, tendo em vista que não basta apenas identificar as teses defendidas, mas também cabe ao pesquisador analisar de que forma os argumentos e as teses interagem no texto para exercer a função de influenciar ou orientar o outro na conversação.

Biografia do Autor

Edmar Peixoto de Lima, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Docente do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Brasil. 

Marcia Pereira da Silva Franca, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Brasil.

Maria José Fernandes da Silva Araújo, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Brasil. 

Referências

ABREU, Antônio Suárez. A arte de argumentar: gerenciado razão e emoção. Cotia: Atelié Editorial, 2005.

AMOSSY, Ruth. A argumentação no Discurso. Coordenação da tradução: Eduardo Lopes Piris e Moises Olímpio Ferreira. São Paulo: Contexto, 2018.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. Tradução: Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2016.

LIMA, Edmar Peixoto. Abordagem terminológica nas veredas teóricas da argumentação: uma investigação sob a perspectiva da variação denominativa. 2017. 325f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Pós-Graduação em Linguística Aplicada, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2017.

PASCAL, Ide. A arte de pensar. Tradução: Paulo Neves. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

PERELMAN, Chaïm; OLBRECHTS-TYTECA, Lucie. Tratado da Argumentação: a Nova Retórica. Tradução: Maria Ermantina de Almeida Prado Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

Publicado
2020-12-23
Como Citar
Peixoto de Lima, E., Franca, M., & da Silva Araújo, M. J. (2020). A interação dos argumentos nos processos argumentativos de uma reportagem sobre bullying nas escolas. Revista Eletrônica De Estudos Integrados Em Discurso E Argumentação, 20(3). https://doi.org/10.47369/eidea-20-3-2771
Seção
Artigos Inéditos