O Prólogo de Pérsio como profissão de fé

Palavras-chave: Sátira romana, Pérsio, Tradução poética.

Resumo

Apresenta uma tradução poética do prólogo das Saturae de Aulo Pérsio Flaco, satirista do período neroniano, que leva em consideração os aspectos formais do original latino. Após fazer breves considerações sobre o estilo do autor, que é marcado por obscuridade e concisão, oferece uma análise do poema, relacionando-o com a tradição a que se filia – tanto a sátira romana como a invectiva grega. Aponta, ainda, no prólogo, os temas que serão retomados pelas sátiras que se seguem e orientarão em grande parte o fazer poético de Pérsio.

Biografia do Autor

Marihá Barbosa e Castro, Universidade Federal do Espírito Santo
Doutoranda junto ao PPG Letras - Ufes
Publicado
2018-02-27
Seção
Dossiê temático