A violência contra a mulher negra no conto "Maria" de Conceição Evaristo

  • Nismária Alves David Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Fernanda Francisca Balisa Universidade Estadual de Goiás (UEG)
Palavras-chave: Violência. Mulher negra. Pós-colonialismo. Literatura Afro-brasileira. Conceição Evaristo.

Resumo

Na sociedade brasileira contemporânea, é constatado diariamente o aumento da violência de diversas formas, sendo o preconceito racial uma delas. Vale ressaltar que sua intensidade se amplia quando é direcionada à mulher negra e pobre. Ao verificar a necessidade da discussão sobre o assunto violência contra a mulher negra, que tanto se manifesta no contexto urbano, foi escolhido o objeto deste estudo - o conto “Maria”, publicado em Olhos D´Água (2015) pela autora Conceição Evaristo. Trata-se de uma escritora de renome no campo da Literatura Afro-brasileira, a qual aborda especialmente a condição feminina a partir do conceito, por ela formulado, de escrevivência, isto é, a escrita das vivências de um corpo feminino negro no contexto pós-colonial do Brasil. Como embasamento teórico, utilizam-se as perspectivas do Pós-colonialismo, segundo Homi Bhabha (1998) e Gayatri Spivak (2010), e organiza-se o texto em duas partes: na primeira parte, apresenta-se Conceição Evaristo e suas ideias sobre a Literatura Afro-brasileira; e, na segunda parte, por sua vez, analisa-se o conto, discutindo a violência e o preconceito racial sofridos pela protagonista do enredo. Os resultados revelam a Literatura Afro-brasileira como um importante lugar de resistência que dá visibilidade aos negros e mestiços.

 

Biografia do Autor

Nismária Alves David, Universidade Estadual de Goiás (UEG)
Possui Graduação em Licenciatura Plena em Letras - Português/Inglês (2001) pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Campus Alto Araguaia, Mestrado em Estudos Literários (2004) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Campus Araraquara, Doutorado em Letras e Linguística (2010) pela Universidade Federal de Goiás e Pós-Doutorado em Estudos Culturais (2015) pelo Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente, é professora da Universidade Estadual de Goiás (UEG) no Curso de Licenciatura Plena em Letras - Português/Inglês, Campus Pires do Rio, e no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI), Campus Cora Coralina. Bolsista do Programa de Concessão de Bolsa de Incentivo ao Pesquisador (PROBIP) da UEG. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa do CNPq - Grupo de Estudo e Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa (GEPELLP). Integra a Rede Goiana de Pesquisa em Leitura e Ensino de Poesia.
Fernanda Francisca Balisa, Universidade Estadual de Goiás (UEG)
Especialista em Estudos Literários pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), Câmpus Posse, em 2017 e Graduada em Letras (Português/Inglês pela mesma intituição em 2012.

Referências

ALVES, Alê. Homenageada com poemas e cantos, Conceição Evaristo lança sexto livro. Ponte Jornalismo. 17 ago. 2016. Disponível em: <https://www.brasildefato.com.br/2016/08/17/homenageada-com-poemas-e-cantos-conceicao-evaristo-lanca-sexto-livro/. Acesso em 30 abr. 2017.

BHABHA, Homi. K. O local da cultura. Tradução Myriam Ávila, Eliana Lourenço de Lima Reis, Gláucia Renate Gonçalves. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.

DUARTE, Eduardo de Assis. Literatura e afrodescendência no Brasil: antologia crítica. Minas Gerais: UFMG, 2011.

EVARISTO, Conceição. Maria. In: Olhos d´água. Rio de Janeiro: Pallas, 2015.

______. Literatura negra: uma poética de nossa afro-brasilidade. Scripta, Belo Horizonte, v. 13, n. 25, p. 17-31, 2º sem. 2009. Disponível em:<http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/4365/4510> Acesso em 29 abr. 2017.

______. Da representação à auto-apresentação da Mulher Negra na Literatura Brasileira. Revista Palmares: cultura afro-brasileira, 2005, p. 52-57. Disponível em: <http://www.palmares.gov.br/sites/000/2/download/52%20a%2057.pdf> Acesso em 29 abr. 2017.

GOMES, Nilma Lino. Alguns termos e conceitos presentes no debate sobre relações raciais no Brasil: uma breve discussão. BRASIL. Ministério da Educação (Org.). Educação anti-racista: caminhos abertos pela lei Federal nº 10.639/03. Brasília: SECAD, 2005 Disponível em:<http://www.acaoeducativa.org.br/fdh/wp-content/uploads/2012/10/Alguns-termos-e-conceitos-presentes-no-debate-sobre-Rela%C3%A7%C3%B5es-Raciais-no-Brasil-uma-breve-discuss%C3%A3o.pdf>. Acesso em 10 set. 2016.

LIMA, Omar da Silva. O comprometimento etnográfico afro-descendente das escritoras negras Conceição Evaristo & Geni Guimarães. 172 f. Tese (Doutorado em Literatura Brasileira) – Departamento de Teoria Literária e Literaturas do Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília, 2009. Disponível em: <http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/4137/1/2009_OmardaSilvaLima.pdf>. Acesso em 20 maio 2016.

NASSIF, Luís. A vida e a obra de Conceição Evaristo. Cultura. GGN - O Jornal de todos os Brasis. 11-07-2016 Disponível em: <http://jornalggn.com.br/noticia/a-vida-e-a-obra-de-conceicao-evaristo> Acesso em 08 fev. 2017.

OLIVEIRA, Luiz Henrique Silva de. “Escrevivência” em Becos da memória, de Conceição Evaristo. Estudos Feministas, Florianópolis, 17(2): 344, maio-agosto/2009, p. 621-623. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ref/v17n2/19.pdf. Acesso em 29 abr. 2017.

RITT, Caroline Fockink, CAGLIARI, Cláudia Taís Siqueira, COSTA, Marli Marlene da. Violência cometida contra a mulher compreendida como violência de gênero. Artigo. 20 f. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, s.d. Disponível em:<http://www.ufrgs.br/nucleomulher/arquivos/artigo_violencide%20genero>. Acesso em 19 maio 2016.

SANTOS, Joel Rufino dos. O que é racismo. São Paulo: Editora Brasiliense, 1984.

SOUZA, Claudenir de. Mulheres negras contam sua história. Brasília: Presidência da República, Secretaria de Políticas para as Mulheres, 2013. Disponível em: . Acesso em 30 maio 2016.

SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Pode o subalterno falar? Tradução Sandra Regina Goulart Almeida, Marcos Pereira Feitosa, André Pereira Feitosa. Belo Horizonte: Editora: UFMG, 2010.

Publicado
2017-10-02
Seção
Dossiê temático