Os estudos ideológicos: epistemologias da Análise do Discurso

  • Frédéric Hailon Université de Poitiers
Palavras-chave: Análise do discurso. Cognição política. Ideologia e ideologização. Des/ressubjetivação. Interação sociopolítica.

Resumo

Este artigo se inscreve no quadro dos estudos ideológicos que levam em conta a construção das identidades individuais e coletivas. Ele trata das diferentes definições e estudos da ideologia em suas dimensões históricas, políticas e analíticas. A partir dos escritos de R. Fossaert (1983), ele visa e critica a perspectiva marxista inclinada a conceber a ideologia como “falsa consciência”. As correntes contemporâneas de análise do discurso, anglo-saxãs e francófonas, principalmente a Análise Crítica do Discurso (ACD) e a Análise do discurso “Escola Francesa” (AD/ADF) se ocupam de diferentes observáveis sociocognitivos. Cada uma das correntes observa, à sua maneira e segundo seu domínio de intervenção, aquilo que elas se deram em termos de teorias e de objetos de análise ideológicos.
Publicado
2015-05-11
Como Citar
Hailon, F. (2015). Os estudos ideológicos: epistemologias da Análise do Discurso. Revista Eletrônica De Estudos Integrados Em Discurso E Argumentação, 7(1), 246-263. Recuperado de http://periodicos.uesc.br/index.php/eidea/article/view/510
Seção
Tradução