Brasil, Pátria educadora: memória discursiva e interdiscurso na tessitura da língua de Estado

  • Tacia Rocha Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Luana Vitoriano-Gonçalves Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Flávia Cristina Silva Barbosa Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Palavras-chave: Slogan. Discurso Político. Propaganda política. Análise do discurso.

Resumo

A propaganda política utiliza técnicas de comunicação para materializar discursos partidários. O slogan é um exemplo, visto que mobiliza o funcionamento discursivo sobre as formas de governo do Estado, as ideologias partidárias, a imagem do candidato, sua principal estratégia de governo, e também representa uma vantagem em relação ao adversário político. O objetivo deste artigo é compreender, a partir da interpretação de sequências discursivas do pronunciamento de Dilma Rousseff, os modos como a memória discursiva determina a ordem do enunciável no lema “Brasil, pátria educadora”. Como arcabouço teórico-metodológico, recorre-se aos conceitos de memória discursiva e interdiscurso. Para tanto, abordam-se as características do discurso político e as especificidades da linguagem da propaganda. Os resultados indicam os efeitos de sentidos do lema, destacam o passado de uma pátria educadora para a elite e descortinam um presente fértil de ações efetivas do governo federal, apagando as contradições e apontando para um futuro prenhe de esperança na equidade social.

Biografia do Autor

Tacia Rocha, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Doutoranda e mestra em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Graduanda em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER). Graduada em Letras, habilitação em português e inglês, pela Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão (atual UNESPAR). Participa do Grupo de Estudos em Análise do Discurso da UEM (GEDUEM/CNPq). Docente nos cursos de graduação em Jornalismo e Publicidade e Propaganda e tutora na modalidade semipresencial, ambos na Faculdade Metropolitana de Maringá (FAMMA). Ainda nos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, integra o Núcleo Docente Estruturante e Colegiado e coordena o projeto de extensão Festival de Vídeo. Possui MBA em Gestão de marketing e mídias sociais e experiência no mercado de comunicação. Pesquisa e se interessa pelos seguintes temas: Discurso, Mídias, Novas tecnologias, Comunicação, Estudos Culturais, Estudos Pós-coloniais, Estudos Feministas, Identidade. 
Publicado
2018-07-15
Seção
Artigos Inéditos