A retórica da ironia em O amigo da onça

  • Ana Cristina Carmelino Universidade Federal de São Paulo
Palavras-chave: O Amigo da Onça. Ironia. Humor. Retórica

Resumo

Este artigo tem como tema central O Amigo da Onça, história em quadrinhos de humor criada pelo cartunista Péricles Maranhão e publicada na revista O Cruzeiro, de 1943 a 1962. O personagem, um dos tipos mais populares e importantes do humor gráfico brasileiro, caracteriza-se por colocar as pessoas em situações embaraçosas e inesperadas, configurando-se como sacana. Pretende-se mostrar o modo como O Amigo da Onça se constitui retoricamente sacana. Para isso, considera-se a hipótese de que a figura da ironia é um dos principais recursos discursivos usados na construção desse traço peculiar ao personagem. O arcabouço teórico que fundamenta a análise advém especialmente da Retórica.

Biografia do Autor

Ana Cristina Carmelino, Universidade Federal de São Paulo
Professora Adjunta do Departamento de Letras da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP. Bacharel e Licenciada em Letras. Mestre e doutora em Linguística e Língua Portuguesa. Pós-Doutora em Linguística. Líder do GETHu – Grupo de Estudos de Textos Humorísticos (CNPq). Membro do Centro de Pesquisa Fórmulas e Estereótipos: Teoria e Análise (FEsTA). anacriscarmelino@gmail.com
Publicado
2017-12-28
Seção
Artigos Inéditos