A constituição do ethos em perguntas e respostas: o caso da entrevista

Alan Ribeiro Radi, Maria Flávia Figueiredo

Resumo


Com base no conceito retórico de ethos, buscamos, nesta pesquisa, averiguar como dois oradores de caracteres distintos engendram discursivamente uma imagem positiva de si no objetivo de corresponder às expectativas de seus respectivos auditórios. Esperamos, dessa maneira, alcançar um objetivo maior que é entender de que forma os gêneros discursivos, os propósitos comunicativos e o ethos se interrelacionam. Para isso, contamos com a teoria retórica com fundamento em Aristóteles, Eggs, Meyer e Fiorin. No que concerne ao estudo dos gêneros, auxiliam-nos Cavalcante e Marcuschi. Ademais, valemo-nos das contribuições de Figueiredo no tocante à prosódia. Como corpus, selecionamos uma entrevista concedida por Padre Fábio de Melo a Danilo Gentili, que foi analisada de forma qualitativa. Os resultados demonstram que, na interrelação entre gênero discursivo, propósito comunicativo e ethos, o propósito comunicativo atua como protagonista, exercendo papel coercitivo sobre os gêneros nos quais o ethos se manifesta.

Palavras-chave


Retórica. Gêneros. Entrevista. Ethos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17648/eidea-14-1664

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor e Revista EID&A

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.