DO CONHECIMENTO GEOGRÁFICO À GEOGRAFIA ENQUANTO CIÊNCIA: o sentido do ensino de geografia na formação dos sujeitos sociais

  • Gilmar Alves Trindade
Palavras-chave: Conhecimento geográfico. Ciência geográfica. Formação acadêmica. Formação escolar. Condição espacial.

Resumo

A proposta deste texto é articular o conhecimento geográfico à Geografia científica, estabelecendo a ideia de que compreender os processos que envolvem tal articulação é indispensável para a formação do professor de Geografia. A Geografia enquanto Ciência e enquanto disciplina escolar tem um significado importante na formação de sujeitos sociais que incorporem no pensamento a sua condição espacial produzida ao longo do tempo – e não apenas ao longo de sua própria existência. Nesse sentido, inicialmente, se discute alguns fundamentos da Geografia como Ciência que surge na modernidade, se firmando enquanto cátedra em 1870, na Universidade alemã. Em um segundo momento, o texto propõe um recuo no tempo para antes do início da Era Cristã, em busca dos primórdios da sistematização de conhecimentos que podem ser considerados como geográficos, dando destaque à contribuição dos filósofos gregos. A partir das ideias e dos estudos provenientes dos gregos e de outros povos da antiguidade foi possível que as civilizações posteriores reproduzissem, ampliassem e sistematizassem tais conhecimentos, diante da própria evolução que o desenvolvimento do mundo suscitou. Finalmente, se propõe a articulação entre os conhecimentos geográficos e a Geografia enquanto Ciência, reforçando o seu sentido como área de conhecimento que integra sociedade e natureza, tempo e espaço, possibilitando uma visão mais integrada do mundo e a formação de sujeitos sociais mais competentes para o exercício pleno da vida.

 

Referências

ANDRADE, M.C. de. A Geografia e a sociedade. In: SANTOS, M. et al. (Orgs.). O novo mapa do mundo: natureza e sociedade de hoje, uma leitura geográfica. 3. ed. São Paulo: Hucitec, 1997. p. 18-28.

CALLAI, H.C. A formação do profissional da Geografia: o professor. Ijuí, RS: Editora da UNijuí, 2013.

CARLOS, A.F.A. A Geografia brasileira, hoje: algumas reflexões. Revista Terra Livre. São Paulo, AGB, v. 1, n. 18, p. 161-178, jan./jun. 2002.

______. A condição espacial. São Paulo: Contexto, 2011.

CAVALCANTI, A.P.B.; VIADANA, A.G. Fundamentos históricos da Geografia: contribuições do pensamento filosófico na Grécia antiga. In: GODOY, P.R.T. de. (Org.). História do pensamento geográfico e epistemologia em Geografia. São Paulo: Cultura acadêmica, 2010. p. 11-34.

CORRÊA, R.L. Região e organização espacial. São Paulo: Ática, 1989.

GOMES, P.C.C. O Conceito de região e sua discussão. In: CASTRO, I.E. et al. (Orgs.). Geografia Conceitos e Temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995. p. 49-77.

LENCIONI, S. Região e Geografia. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1999.

MANHAS, C. Nada mais ideológico que “Escola Sem Partido”. In: Ação Educativa (Org.). A ideologia do movimento Escola Sem Partido: 20 autores desmontam o discurso. São Paulo: Ação Educativa, 2016. p. 15-21.

MILONE, A. de C. A Astronomia no dia a dia. 2018. Disponível em: . Acesso em: 7 out 2019

MORAES, A.C.R. Geografia: pequena história crítica. São Paulo: Hucitec, 1999.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

PONTUSCHKA, N.N. A Geografia: pesquisa e ensino. In: CARLOS, A.F.A. (Org.). Novos caminhos da Geografia. São Paulo: Contexto, 1999. p. 111-142.

SANTOS, M. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico-informacional. São Paulo: Hucitec, 1996.

______. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 3. ed. São Paulo: Hucitec, 1999.


______. Pensando o espaço do homem. (1982). São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004.

SEGRELLES, J.A. Hacia una enseñanza comprometida y social de la Geografia en la universidad. Revista Terra Livre, São Paulo, AGB, n. 17, p. 63-78, 2001.

TRINDADE, G.A. Aplicação dos conceitos geográficos no ensino fundamental e médio. In: TRINDADE, G.A. et al. (Orgs.). Geografia e ensino: dimensões teóricas e práticas para a sala de aula. Ilhéus, BA: Editus, 2017. p. 29-36.

TRINDADE, G.A.; OLIVEIRA, C.G.S. de. Ensino de Geografia e reflexões acerca da reconstrução do currículo no âmbito da Licenciatura. In: TRINDADE, G.A.; CHIAPETTI, R.J.N. (Orgs.). Discutindo Geografia: doze razões para se repensar a formação do professor. Ilhéus, BA: Editus, 2008. p. 63-79.
Publicado
2021-11-30