UMA REFLEXÃO SOBRE A ADEQUAÇÃO DOS LIVROS DIDÁTICOS DE GEOGRAFIA PARA ALUNOS SURDOS, 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II

  • Larissa Guimarães Santos
  • Leila dos Anjos Santos
  • Tereza Genoveva Nascimento Torezani Fontes
Palavras-chave: Material didático, Surdos., Ensino de Geografia.

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar os livros didáticos de Geografia com a
finalidade de elaborar material didático pedagógico para alunos surdos do 7º
ano, Ensino Fundamental II. Considerando que a língua natural do surdo é
gestual-visual, e apresenta significativas diferenças em relação a sua segunda
língua que é o português, a produção de material didático específico ou adaptado
pode contribuir na aplicação de conteúdos geográficos que os surdos
apresentam maior dificuldade na aprendizagem. A metodologia aplicada é
descritiva e analítica, a qual busca identificar e analisar os conteúdos de quatro
livros didáticos do 7º ano, por meio da estratégia de levantamento bibliográfico,
bem como facilitar a criação de mecanismos no processo de inclusão dos alunos
surdos na escola regular. Os resultados indicam que a apresentação dos
conteúdos nos livros didáticos atuais, estão bastante imagéticos e considerando
que os conteúdos podem ser ensinados de diversas formas, uma pequena
adaptação na mediação para o aluno surdo se faz necessária para que o ensinoaprendizagem aconteça de forma mais eficaz.

Referências

ANDRADE, L; GUIMARAES. A. O quebra-cabeça das modalidades

organizativas. 2009. Disponível em: <http://revistaescola.abril.com.br/planejamentoeavaliacao/planejamento/quebra-cabeca-426234.shtml >. Acesso em: 23 maio 2013.

BRASIL. MEC. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília,

MEC, 1996.

_________. Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002. Dispõe sobre a Língua

Brasileira de Sinais - Libras e dá outras providências. Diário Oficial [da

República Federativa do Brasil], Brasília, DF, nº 79, p.23, 25 abr. 2002.

Seção 1.

CAVALCANTI, L. de S. Geografia e práticas de ensino: geografia escolar e

procedimentos de ensino numa perspectiva sócio construtivista. Goiânia:

Alternativa, 2002.

COLL, C.; ELENA, M. Aprender conteúdos & desenvolver capacidades.

São Paulo: Artmed, 1986.

FREITAS, R. Ensino de geografia e educação inclusiva: estratégias e

concepções. Disponível em: <http://devotuporanga.edunet.sp.gov.br

/OFICINA/Ensino_de_ Geografia.pdf>. Acesso: 3 jun 2013.

HOFFMANN, J. Avaliação Mito & Desafio: uma perspectiva construtivista. 40.

ed. Porto Alegre: Mediação. 2005. 104 p.

KIMURA, S. Geografia no ensino básico: questões e propostas. 2. ed. São

Paulo: Contexto, 2010.

MAGALHÃES, C; et al. Coleção perspectiva: geografia. São Paulo: Brasil.

MENEZES, E. T.; SANTOS, T. H."Contextualização" (verbete). Dicionário

Interativo da Educação Brasileira - Educa Brasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2002. Disponível em: http://www.educabrasil.com.br/eb/dic/dicionario.asp?id=55>. Acesso: 4 jun. 2013.

O processo de industrialização. Disponível em:<https://www.youtube.com/watch ?v=bTJNBmevLXM>. Acesso: 11 jun

PAIVA, V. L.M.O. História do material didático. Disponível em:<http://www.

veramenezes.com/historia.pdf>. Acesso em: 5 jun 2013.

QUADROS, R. M. de. O “bi” lingüismo na educação de Surdos. In:

FERNANDES, E. (Org.). Surdez e bilinguismo. Porto Alegre: Mediação, 2007.

QUADROS, R.M. & SCHMIEDT, L.P. Ideias para ensinar português para

surdos. Brasília: MEC, SEESP, 2006. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/seesp/ arquivos/pdf/port_surdos .pdf>. Acesso em: 3 jun 2013. Resolução Nº 4 de 2 de outubro de 2009. CNE. CEB. Disponível em:

http://blogdocne. blogspot.com/2009/10/resolucao_cneceb_n_042009.html.

SILVA, L. C. da; BARAÚNA, S. M. A inclusão escolar do surdo: algumas reflexões sobre um cotidiano investigado. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 16, n. 27, jan./jun., 2007. p. 56-67.

SKLIAR, C. (Org.). A surdez: um olhar sobre as diferenças. 2. ed. Porto Alegre: Mediação. 2001.

_______. Educação & exclusão: abordagens sócio antropológicas em educação especial. Porto Alegre: Mediação. 1997.

VEDOVATE, F.C (editor). Projeto Araribá: geografia: ensino fundamental/obra.

ed. São Paulo: Moderna, 2010.

VESENTINI, J. W. O Ensino de Geografia no Final do Século XX. São Paulo:

Ática, 1996.

VILAÇA, L. C. O material didático no ensino de língua estrangeira: definições, modalidades e papéis. Revista Eletrônica do Instituto de Humanidades da UNIGRANRIO, v. 8, n. 30, jul/set, 2009.

Publicado
2021-11-26