Lélio Gama: a formação de um matemático nos anos 1910-1920 no Rio de Janeiro

  • Fábio Ferreira de Araújo
  • Antonio Augusto Passos Videira

Resumo

O objetivo deste artigo consiste em apresentar a formação acadêmica, obtida em nível superior, de Lélio Gama. A pergunta básica que nos move nesta descrição é a seguinte: por que e como uma pessoa, que não tem formação oficial em matemática, pode ser convidada para organizar o curso superior de matemática de uma universidade que pretendia representar uma transformação radical no cenário acadêmico da então capital federal? Nossa hipótese é que, no Brasil do início do século passado, mais importante do que a titulação recebida em centros de ensino, o que contava era o contato em sala de aula, laboratórios, ou ainda, nos corredores e cafés, com pessoas com conhecimento de causa sobre o que seria um autêntico centro de pesquisa. No caso de Lélio Gama, possivelmente, o contato com seu pai e com o Observatório Nacional foi decisivo para que ele pudesse se reconhecer e ser reconhecido como um matemático profissional.

Publicado
2019-12-04