A verdade ofensiva ou o corpo-a-corpo das línguas: Entrevista com Jacques Derrida, realizada por Évelyne Grossman em 12 de dezembro de 2003

  • Élida Ferreira Universidade Estadual de Souza Cruz

Resumo

N. da T.: Este texto que apresentamos ao público brasileiro é uma entrevista de Jacques Derrida - La vérité Blessante ou Le corps à corps des langues- concedida a Évelyne Grossman e publicada no número 901 da revista Europe, em maio de 2004. Trata-se de um dossiê em homenagem a Derrida, em que amigos e estudiosos de sua obra escrevem sobre amizade, política, tradução e, por que não dizer, de um legado da desconstrução. Nessa que é uma das suas últimas entrevistas, antes de sua morte em outubro de 2004, fala de sua paixão pela língua francesa, pela literatura e pela busca de uma verdade que está sempre em outro lugar, trazendo à tona o que chama, na leitura e na escrita, de o corpo-a-corpo das línguas e seu segredo sem segredo. O filósofo fala-nos, também, da amizade, da carreira como professor e da singularidade da assinatura, que permanece para o estudioso de sua obra tanto bela quanto enigmática.

Publicado
2016-02-22