Núcleos urbanos e política indigenista: o caso das vilas indígenas na província da Bahia (século XIX)

  • André de Almeida Rego Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Vilas indígenas, Bahia, Século XIX.

Resumo

Este trabalho pretende analisar a dinâmica das vilas indígenas durante o
século XIX no território que atualmente corresponde ao estado da Bahia. Estes povoados foram erguidos no período pombalino (século XVIII), em meio aos esforços para aproximar a política indigenista aos objetivos da coroa portuguesa. Sua implementação gerou espaços nos quais os índios passaram a sofrer interferências traduzidas em opressão e, por vezes, expulsão das suas antigas posses. Por outro lado, estas vilas também foram núcleos a testemunhar arranjos sociais, econômicos e culturais de mescla entre a cultura indígena e a colonial e também de persistência de traços autóctones.

Publicado
2015-11-16