Os escravos do Estado e o estado de seus escravos: o caso da Real Fazenda de Santa Cruz, RJ (1790-1820)

  • Carlos Engemann
Palavras-chave: Escravidão, Relações sociais, Políticas administrativas, Real Fazenda de Santa Cruz

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi investigar a vida dos escravos da Real fazenda de Santa Cruz e o impacto que a política administrativa do Estado teve sobre ela. A partir de dois inventários produzidos em 1791 e 1818, foram pesquisadas as transformações sofridas pela população escrava em função das mudanças na vida política da colônia. O principal foco do trabalho foi o entendimento do tipo de adaptações que as relações sociais tiveram que sofrer a partir das novas demandas do Estado.

 

Publicado
2015-10-08