Alforriandos do clero católico – Rio de Janeiro, 1840-1871

  • Vanessa Ramos
Palavras-chave: Escravidão, Alforria, Clero católico, Rio de Janeiro

Resumo

Este artigo objetivou analisar uma possível especificidade das práticas escravistas, em especial a concessão de alforria por clérigos católicos na cidade do Rio de Janeiro da segunda metade do século XIX. Buscou-se identificar um padrão de alforrias concedidas por eclesiásticos que, diluídas no conjunto de cartas de liberdade, demonstram não haver peculiaridade. Todavia, há algumas diferenças entre o clero regular e o secular. A base empírica da pesquisa constitui-se, principalmente, de cartas de alforria emitidas pelo clero católico registradas no primeiro, segundo e terceiro ofícios de nota do Rio de Janeiro, no período de 1840 a 1871.

Publicado
2015-10-08