A recepção de Nietzsche no Brasil a partir da Bahia: Wilson Lins e as vicissitudes de Zaratustra me contou...

  • Lays Silva Santos
  • Roberto Sávio Rosa

Resumo

Propõe-se neste artigo apresentar as impressões e percepções acerca da obra Zaratustra me contou..., do escritor baiano Wilson Lins, como parte do projeto de pesquisa “A recepção de Nietzsche no Brasil a partir da Bahia: Wilson Lins e sua circunstância”. A referida obra inaugura os escritos do autor e apresenta uma narrativa consoante às características literárias, mas também desvela a existência de um conteúdo tipicamente filosófico. Compreende-se que a linguagem literária utilizada pelo escritor é basilar para a concepção de seu projeto filosófico identitário. Nesse itinerário, Lins inicia um percurso rumo à resposta à pergunta “Que é ser brasileiro?”

Biografia do Autor

Lays Silva Santos

Graduanda em Filosofia; bolsista ICB 

Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)

Roberto Sávio Rosa

Professor do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas 

Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)

Publicado
2018-06-21