Notas sobre o pensamento autêntico em Schopenhauer

Iago dos Santos Moura-Melo, Ricardo Afonso-Rocha

Resumo


Este texto reflete sobre a teoria da escrita de Arthur Schopenhauer, a partir da consideração de alguns de seus ensaios organizados por Süssekind sob a rubrica de A arte de escrever. Defende a existência de uma teoria do pensamento implícita no plano subterrâneo das reflexões do filósofo alemão sobre a escrita. Para a realização desse fito, tece, ab initio, um panorama geral sobre os ensaios constantes da Arte de escrever. Após, toma como principal reflexão de Schopenhauer no ensaio Pensar por si mesmo, capítulo 2 do livro, a respeito do que denomina de pensamento próprio. Demonstra que o que potencializa o acontecimento apropriativo do pensamento, além da autonomia do pensador, é também a percepção do problema de sua existência, bem como da durabilidade de seu futuro pessoal. Denuncia que somente a restituição do pensamento à existência pode retirá-lo das outras coisas e permitir o seu acontecimento autêntico. Em sentido lato, a orientação epistemológica adotada é a atitude fenomenológico-hermenêutica. Em sentido estrito, tem como norte o pluralismo metódico de Paul Feyerabend (2007). Possui, como lastro interpretativo, o método de desleitura de Harold Bloom (1993) e a noção de legibilidade de Eni Orlandi (2006). A orientação filosófica básica é a pesquisa crítica. Emprega a técnica bibliográfico-documental para consulta de literatura.



Palavras-chave


Leitura. Autonomia. Existência. Futuro pessoal.

Texto completo:

PDF

Referências


BLOOM, Harold. Abaixo as verdades eternas. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

FEYERABEND, Paul. Contra o método. [S.l.] Relógio D'Água; Ciência, 2007.

FOLSCHEID, Dominique; WUNENBURGER, Jean-Jacques. Metodologia filosófica. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo. Campinas, SP: Editora Unicamp; Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2012.

ORLANDI, Eni Pulcinelli. Discurso e leitura. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

SCHOPENHAUER, Arthur. A arte de escrever. Porto Alegre: L&M, 2009.

STEIN, Ernildo. Às voltas com a metafísica e a fenomenologia. Ijuí: Ed. Unijuí, 2014.

SÜSSEKIND, Pedro. Prefácio. In: A arte de escrever. Porto Alegre: L&M, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.