A fuga da contradição e a estratégia do vago: análise de trechos de uma entrevista política

Rodrigo Seixas Pereira Barbosa

Resumo


A contradição é um fenômeno argumentativo bastante negativo para a credibilidade do orador político. Desta forma, teóricos como Patrick Charaudeau (2005); e Perelman e Tyteca (2005), apresentaram estratégias possíveis para que o orador fuja de uma eventual contradição ou incompatibilidade de argumentos: a estratégia do vago, e a atitude diplomática, respectivamente. Sendo assim, este artigo visa identificar se há a ocorrência desses estratagemas em uma entrevista do candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) concedida ao Jornal Nacional, e, havendo, apresentar a eventual eficácia e importância do uso destas estratégias para o discurso político.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor e Revista EID&A

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.