A midiatização contemporânea do político: os discursos presidenciais nas redes sociais e a reação do cidadão argentino

  • Ana Slimovich Universidade de Buenos Aires
Palavras-chave: Midiatização. Política. Redes sociais. Governo.

Resumo

O objetivo deste artigo é investigar os discursos políticos que surgem nas redes sociais do presidente argentino Mauricio Macri e as formas de constituição de um movimento cidadão que é gerado na rejeição de sua gestão. Esta campanha, que chegou às redes sociais sob a hashtag #ElFracasodeMacri, faz parte de um novo tipo de sociedade que Carlón (2015) define como uma sociedade hipermidiática contemporânea, e faz parte de uma nova fase de midiatização da política. Articularemos as conceituações da midiatização da política veroniana e europeia (COULDRY, 2014, HJARVARD, 2014, MAZZOLENI e SCHULZ, 1999, STROMBACK, 2008, VERÓN, 1983, 1986, 1998 [1995], 2001, 2013), com o ferramental do dispositivo analítico da circulação hipermidiática contemporânea (CARLÓN, 2015), que toma como ponto de partida a sócio-semiótica como campo de abordagem da dimensão significativa dos fenômenos sociais (VERÓN, 1987).
Publicado
2018-09-11