Discurso e polêmica sobre a publicação de revistas científicas na Argentina (1960)

  • Pablo Von Stecher Instituto de Lingüística, Facultad de Filosofía y Letras, Universidad de Buenos Aires - Conicet

Resumo

Por volta de 1960, a revista argentina Ciencia e Investigación apresentou um editorial do químico Enrique Cabib que questionava as publicações científicas nacionais em função de sua qualidade limitada e escassa difusão. A proposta, rejeitada por cientistas locais de diferentes áreas, deu origem a uma controvérsia que foi publicada na revista. A fim de analisar a controvérsia, este artigo se inscreve na perspectiva discursivo-argumentativa de Ruth Amossy (2011 [2008], 2016), que entende a polêmica como um confronto de vozes que tratam de um conflito de caráter público e cujos participantes não só defendem seu ponto de vista, mas procuram assegurar sua supremacia contra seus adversários. Pode-se antecipar que a polêmica está estruturada em uma troca que expõe diferentes graus de confronto – desde o “ataque cortês” à desqualificação pessoal -; e aborda um problema que desafia o pesquisador latino-americano que busca disseminar suas descobertas.

Biografia do Autor

Pablo Von Stecher, Instituto de Lingüística, Facultad de Filosofía y Letras, Universidad de Buenos Aires - Conicet

Profesor de Semiología, Universidad de Buenos Aires.

Investigador Asistente del Conicet, en el Instituto de Lingüísitca de la Universidad de Buenos Aires.

Publicado
2018-12-13
Seção
Artigos Inéditos