Argumentação, estilo e ethos discursivo no discurso literário: o poema 'Cada vez mais', de Rodrigo Bró em foco

  • Sandro Luís da Silva Universidade Federal de São Paulo
Palavras-chave: Estilo. Ethos. Discurso. Argumentação.

Resumo

Este artigo, de acordo com o quadro de práticas discursivas, tem como objetivo analisar a constituição do ethos (dos ethé) discursivo(s) no poema "Cada vez mais" de Rodrigo Bró, poeta mineiro. Considerando ethos, argumentação e estilo, nossa hipótese é que, pela análise desses elementos presentes no poema e marcados pela cenografia (MAINGUENEAU, 2008, 2010, 2011, 2015, 2016) – sobretudo na exteriorização do discurso dos enunciados em poema cujo tema é a busca incessante do enunciador pela plenitude de sua existência – é possível identificar na poesia de Bró a marca de uma busca incessante do ser humano, trilhada por caminhos que caracterizam o adensamento de suas experiências que renovam na cenografia contemporânea o debate, a reflexão, o posicionamento do enunciador acerca do comprometimento entre a poesia e o sentimento humano, muitas vezes antagônico em sua própria essência.

Biografia do Autor

Sandro Luís da Silva, Universidade Federal de São Paulo
Professor Adjunto III no Departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo, campus Guarulhos. Professor do Programa de Pós-Graduação em Letras, na mesma instituição.
Publicado
2017-07-19
Seção
Artigos Inéditos