CIÊNCIA E TECNOLOGIA CONECTANDO O SUL-GLOBAL EM REDE: UM ESTUDO ACERCA DAS POSSÍVEIS AGENDAS COMUNS DE POLÍTICAS PÚBLICAS DOS BRICS PARA INOVAÇÃO

  • Thayla Bicalho Bertolozzi USP

Resumo

O presente artigo objetivou, por meio de metodologia bibliográfica, discutir temas relativos à ciência, tecnologia e inovação por meio de aspectos comuns compartilhados entre as potências emergentes que configuram o atual quadro de membros dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), enfatizando quais agendas podem ser relevantes para todos os membros considerando suas similaridades (em especial a grande concentração de populações em situação de pobreza e vulnerabilidade socioeconômica; aspectos de economias exportadoras; o fato de serem países em desenvolvimento; preocupações com os sistemas públicos de saúde; dentre outros). Depreendeu-se, deste, que apesar das assimetrias existentes entre as potências analisadas, inclusive quanto à produção e registro de patentes, tais aspectos comuns também podem possibilitar maiores cooperações de acordo com suas necessidades e especializações.

Palavras-chave: BRICS. Ciência. Tecnologia. Inovação.

Publicado
2020-07-20
Seção
Artigos