ECONOMIA DA CULTURA E POLÍTICA PÚBLICA: UMA ANÁLISE SOBRE A CONJUNTURA ILHEENSE

  • Juliana do Carmo Nascimento UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
  • Tiago Santana Pedra Graduando em Artes Visuais com ênfase em Digitais pela Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Resumo

O cenário social e econômico atual tem reforçado a necessidade de buscar estratégias que possam estimular as atividades econômicas de modo inclusivo. Nesse sentido, vê-se a relevância em debruçar nas perspectivas inovadoras que possam apoiar diversas bases socioeconômicas. Diante disso, a perspectiva da economia da cultura introduz uma dimensão democrática sobre as potencialidades do material cultural para o setor econômico contemporâneo. Em vista disso, o presente artigo visa discutir sobre as dimensões deste segmento econômico para a cidade de Ilhéus. Para isso, foi aplicada uma metodologia básica fundamentada em uma pesquisa bibliográfica e documental visando analisar as informações referentes às ações no eixo economia e cultura para a cidade de Ilhéus no período de 2017 a 2018. Com base na análise, foi possível observar significativas variações sobre o setor cultural em Ilhéus ao longo do período em questão.

Biografia do Autor

Juliana do Carmo Nascimento, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ

Graduanda em Línguas Estrangeiras Aplicadas as Negociações Internacionais pela Universidade Estadual de Santa Cruz. E-mail: liana_karmo@hotmail.com

Tiago Santana Pedra, Graduando em Artes Visuais com ênfase em Digitais pela Universidade Federal Rural de Pernambuco.
Graduando em Artes Visuais com ênfase em Digitais pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. E-mail: tiagopedra88@hotmail.com

Referências

BAHIA. SECULT/BA. Secretária de Cultura da Bahia. Plano estadual de cultura. 2014. Disponível em: <http://www.cultura.ba.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=56>. Acesso em julho de 2018.

__________ Sistema de informações e indicadores em cultura – SIIC. Disponível em: <http://www.cultura.ba.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=67>. Acesso em julho de 2018.

BRANCALEON et al. Políticas públicas: conceitos básicos. São Paulo. 2015.

BRASIL. Diferenças entre patrimônios materiais e imateriais. Disponível em: <http://www.brasil.gov.br/editoria/cultura/2009/10/conheca-as-diferencas-entre-patrimonios-materiais-e-imateriais. 2009>. Acesso em julho de 2018.

_________ Programa nacional de economia da cultura (PNEC) 2016. Disponível em: <http://www.cultura.gov.br/documents/10883/1337477/PROGRAMA+NACIONAL+DE+ECONOMIA+DA+CULTURA_PNEC_RELAT%C3%93RIO+FINAL.compressed.pdf/8b6dec76-9a6c-4992-acaf-b11e2e94e6a6>. Acesso em julho de 2018.

Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento, UNCTAD. Creative economy report, 2008. Disponível em: <http://unctad.org/en/docs/ditc20082cer_en.pdf> Acesso em julho de 2018.

Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento, UNCTAD. Creative Economy Report, 2010. Disponível em: <http://unctad.org/en/Docs/ditctab20103_en.pdf> Acesso em julho de 2018.

CONSELHO BRITÂNICO. Série economia criativa e cultural do British Council, British Council 2008. Disponível em: <https://creativeconomy.britishcouncil.org/media/uploads/files/Intro_guide_-_Portuguese.pdf> Acesso em julho de 2018.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Ilhéus. 2017. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ba/ilheus/panorama> Acesso em: junho de 2018.

ILHÉUS. Informações socioeconômicas municipais. Disponível em: <https://www.bnb.gov.br/documents/80223/3021151/Ilh%C3%A9us.pdf/0377b53d-37b0-f84a-60c4-6faa80309b63> Acesso em julho de 2018.

__________ Lei Ordinária. Disponível em: <<http://transparencia.ilheus.ba.gov.br/abrir_arquivo.aspx/Lei_Ordinaria_3619_2012?cdLocal=5&arquivo={8FA7921A-6BDC-443E-A2E0-C00E16CC470E}.pdf> Acesso em julho de 2018.

__________ Plano municipal de cultura. 2012. Disponível em: <http://cultura.ilheus.ba.gov.br/detalhe-da-materia/info/plano-municipal-da-cultura-pmc/69444 > Acesso em julho de 2018.

__________ Leis orçamentárias anuais do município de Ilhéus, 2017. Disponível em: <http://transparencia.ilheus.ba.gov.br/detalhe-da-materia/info/acesse-o-ppa-ldo-e-loa-e-decretos-regulamentares/70351>. Acesso em outubro de 2018.

__________ Edital Nº 001/2018 – cultura livre. Disponível em: <http://www.ilheus.ba.gov.br/abrir_arquivo.aspx?cdLocal=12&arquivo={0DA35CDE-0DDD-CCE5-ED3A-E3BCA47B87CA}.pdf> Acesso em julho de 2018.

__________ Edital de credenciamento. Disponível em: <http://www.ilheus.ba.gov.br/abrir_arquivo.aspx?cdLocal=12&arquivo={DBDD5EDB-ACA4-41C7-BE8C-2B40DEBB7C23}.pdf>. Acesso em julho de 2018.

IPEA. Indicador de desenvolvimento da economia da cultura / Frederico A. Barbosa da Silva, Herton Ellery Araújo coordenadores.- Brasília: Ipea, 2010. 148. Disponível em <http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/livros/idecultweb.pdf> Acesso em julho de 2018.

JAIME, F. M. et al. Introducción al análisis de políticas públicas, Florencio Varela: Universidad Nacional Arturo Jauretche, 2013.

LEAL, Claudia Feierabend Baeta. Patrimônio e desenvolvimento: as políticas de patrimônio cultural nos anos 1960. Anais do Museu Paulista. São Paulo. N. Sér. v.24. n.1. p. 99-136. jan.- abr. 2016.

MARCHI, Paulo. Análise do plano da secretaria da economia criativa e as transformações na relação entre estado e cultura no Brasil. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/interc/v37n1/a10v37n1.pdf> Acesso em julho de 2018.

MENEZES, Juliana Santos. As imagens da cidade de Ilhéus em Jorge Amado: literatura, cultura e turismo, 2008. Disponível em: < http://www.cult.ufba.br/enecult2008/14570.pdf > Acesso em julho de 2018.

MOREIRA, Gilsélia Lemos. Ilhéus, a terra da Gabriela cravo e canela: de espaço do cacau a espaço do turismo, 2013. Disponível em: <https://portalseer.ufba.br/index.php/geotextos/article/view/8352> Acesso em julho de 2018.

PORTA, Paula. Economia da cultura: um setor estratégico para o país. Disponível em: <http://www2.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2008/04/texto-sobre-o-prodec-paula-porta.pdf (s.d)> Acesso em julho de 2018.

REIS; A. C. F.; MARCO, K. de (Orgs.). Economia da cultura: ideias e vivências, Rio de Janeiro: Publit, 2009.

SEBRAE/RJ. Boletim informativo: economia criativa. 2012. Disponível em: <https://m.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/UFs/RJ/Menu%20Institucional/Sebrae_SET_nov12_ec_crtv.pdf> Acesso em julho de 2018.

Publicado
2018-12-14
Edição
Seção
Artigos