BRAND EQUITY E O MARKETING DIGITAL: A EXPERIÊNCIA NETFLIX NO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

  • Heloísa Dantas Lima Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Marielle Cunha Barbosa Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Karen Rodrigues Barbosa Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Antônio Oscar Santos Goés

Resumo

As organizações buscam um melhor entendimento de seus clientes para proporcionar uma experiência mais personalizada, através de produtos e serviços que atendam às suas necessidades e desejos. O mercado exige das empresas um diferencial mais abrangente da marca para destacar-se da concorrência. Diante do exposto, este artigo analisa as estratégias da empresa NETFLIX através da utilização da Brand Equity e marketing digital para fidelizar clientes. Para o alcance do objetivo geral, apresentam-se dois objetivos específicos: a) identificar ações da NETFLIX no relacionamento com o cliente; b) analisar as estratégias desenvolvidas pela empresa nos canais digitais. A trajetória metodológica utilizou-se de pesquisa básica, exploratória, qualitativa, bibliográfica, documental, estudo de caso, iconográfica, telematizada.  A teoria discutida neste trabalho aborda os conceitos de marketing, marca, branding, marketing digital. Os resultados pressupõem que a organização investigada, para fidelizar customers, pratica ações diferenciais do composto mercadológico, como: clientes satisfeitos, criação de serviços próprios e diferenciados atendendo às singularidades locais, etc. Por termo, a empresa em questão tornou-se bem sucedida por sua atenção com seus clientes e utilização de estratégias de fortalecimento da marca que desperta em seus demandantes o sentimento de pertencimento e lealdade à instituição, gerando assim a efetividade do Brand Equity da empresa norte americana.

Palavras-Chave: Branding. Marca. Fidelização.

Referências

A Brief History of NETFLIX. CNN, Atlanta, 21 jul. 2014. Disponível em: <http://edition.cnn.com/2014/07/21/showbiz/gallery/netflix-history/>. Acesso em 11 abr. 2017.

AAKER, David A. Marcas: Brand Equity – Gerenciando o valor da marca. São Paulo: Negócio Editora, 1998.

ABOUT NETFLIX. Disponível em: <https://media.netflix.com/en/about-netflix> . Acesso em 11/03/2017.

Branding: como fazer uma incrível gestão de marca. Marketing de Conteúdo. Disponível em: <http://marketingdeconteudo.com/branding/>. Acesso em: 01/03/2017.

DIAS, Kadu. Netflix. Mundo das marcas, 02 mai. 2007. Disponível em: <http://mundodasmarcas.blogspot.com.br/2007/05/netflix-best-way-to-rent-movies.html?m=1>. Acesso em: 26 fev. 2017.

GIL, Carlos Antônio. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2006.

GRACIOSO, Francisco; NAJJAR, Eduardo Rienzo. Marketing de rede: a era do supermercado virtual. São Paulo: Atlas, 1997.

KEATING, Gina. Netflixed: The Epic Battle for America's Eyeballs. Portfolio/Penguin, 2012.

KOTLER, Philip. Marketing essencial: conceitos, estratégias e casos. Tradução de Sabrina Cairo. São Paulo: Prentice Hall, 2005.

KOTLER, Philip. Marketing: Edição compacta. Tradução de H. de Barros. São Paulo: Atlas, 1992.

LENCASTRE, Paulo de et al. O livro da marca. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2007.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MEYER, Maximiliano. A História da NETFLIX. Oficina da net. Santa Cruz do Sul, 21 jan. 2016. Disponível em: <https://www.oficinadanet.com.br/post/15898-a-historia-da-netflix>. Acesso em 25 fev. 2017.

NAD Files Disability Civil Rights Lawsuit against Netflix. National Association of Deaf. Washington, D.C, 16 jun. 2011. Disponível em: <https://www.nad.org/2011/06/16/nad-files-disability-civil-rights-lawsuit-against-netflix/>. Acesso em 30 mai. 2017.

Netflix Settles Privacy Lawsuit, Cancels Prize Sequel. Forbes, New York, 12 mar. 2010. Disponível em: <https://www.forbes.com/sites/firewall/2010/03/12/netflix-settles-privacy-suit-cancels-netflix-prize-two-sequel/#6e820876951e>. Acesso em 30 mai. 2017.

Netflix's annual revenue from 2002 to 2016 (in million U.S. dollars). Disponível em: <https://www.statista.com/statistics/272545/annual-revenue-of-netflix/>. Acesso em 30/05/2017.

O que é Brand Equity e como utilizá-lo no marketing digital. Marketing de conteúdo. Disponível em <http://marketingdeconteudo.com/brand-equity/>. Acesso em: 01/03/2017.

Plano de comunicação: qual o melhor canal para seu público alvo? Disponível em: <http://trends.rmacomunicacao.com.br/plano-de-comunicacao-como-escolher-e-usar-o-canal-certo-para-cada-publico-alvo>. Acesso em: 02/03/2017.

RAMOS, Rogério Brand Equity. InfoEscola. Disponível em: <http://www.infoescola.com/marketing/brand-equity/>. Acesso em: 01 mar. 2017.

SANTAELLA, Lucia. Prefácio. In: PEREZ, Clotilde. Signos da marca: expressividade e sensorialidade. São Paulo: Cengage Learning, 2004.

The US NETFLIX story evolving competition threatens growth. Disponível em: <https://www.trefis.com/stock/nflx/articles/146469/the-u-s-netflix-story-evolving-competition-threatens-growth/2012-10-16>. Acesso em 30/05/2017.

TORRES, Cláudio. A bíblia do marketing digital. São Paulo: Novatec, 2009.

ZENONE, Luiz Claudio. Marketing: conceitos ideias e tendências. São Paulo: Atlas, 2013.

Publicado
2017-12-14