OS CENTROS CULTURAIS COMO ESPAÇO DE LAZER COMUNITÁRIO: O CASO DE BELO HORIZONTE

  • Gabriela Baranowski Pinto
  • Elizabeth de Paulo
  • Thaisa Cristina da Silva
Palavras-chave: Centros culturais. Lazer comunitário. Atrativos Turísticos. Espaço de lazer.

Resumo

Este estudo objetivou investigar os Centros Culturais como espaços de lazer comunitários, assim como também, a possibilidade de se tornarem atrativos turísticos, caracterizando os seus frequentadores quanto aos fatores socioeconômicos, de faixa etária, de gênero, envolvimento na elaboração e na participação das atividades. A abordagem do estudo é qualitativa, combinando pesquisa exploratória, descritiva, de campo e estudo de caso. Utilizou-se o questionário como instrumento de coleta de dados. Foram aplicados 15 questionários no Centro Cultural, junto aos participantes das atividades desenvolvidas no mesmo. Percebeu-se que os Centros Culturais de Belo Horizonte são espaços de lazer comunitário onde são desenvolvidas atividades variadas de lazer voltadas para diferentes públicos da comunidade do entorno. Estas atividades são praticadas com satisfação pelos envolvidos. A necessidade de participar do lazer e a satisfação em interagir e integrar as partes envolvidas é muito importante assim como a disponibilização desses espaços para a comunidade, onde tais atividades são praticadas pelos participantes.

Publicado
2015-01-28
Seção
Artigos