Efeito da intervenção nutricional associada a caminhada em paciente com dislipidemia – Relato de caso

Éricka Luanny Machado Maia

Resumo


Introdução: A dislipidemia é uma doença crônica não transmissível que se manifesta através do excesso de gordura no sangue. Ela desempenha papel crítico no processo progressão da aterosclerose sendo um problema comum nos países em desenvolvimento e tem sido associada ao risco aumentado de desenvolver doenças cardiovasculares. Estima-se que 17,5 milhões de pessoas morreram em 2012 em decorrência desse grupo de doenças representando 31% de todas as mortes globais. Método: Estudo de caso com paciente portadora de dislipidemia mista. Foi feito um plano alimentar de acordo as preferencias da paciente, porém com maior oferta de fibras principalmente aveia e linhaça. Resultados: Seu perfil lipídico foi normalizado sem uso de medicamentos. Conclusão: A β-glucana da aveia tem papel importante no controle do perfil lipídico principalmente Colesterol Total (CT) e Lipoproteína de Baixa Densidade (LDL-c). Já a linhaça apresentou melhor resposta ao Triglicerídes (TG).

 

Palavras - chave: Fibras solúveis; Lignanas; β-glucana; Dislipidemia; Aterosclerose


Palavras-chave


FIBRAS SOLUVEIS, LIGNANAS, β-GLUCANA, DISLIPIDEMIA, ATEROSCLEROSE

Texto completo:

PDF ed.1 v.1

Referências


AMERICAN DIETETIC ASSOCIATION. Position of the American Dietetic Association: phytochemicals and functional foods. J Am Dietetic Assoc 1999; 99:1278-1285.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA O ESTUDO DA OBESIDADE E DA SÍNDROME METABÓLICA - ABESO. Diretrizes Brasileiras de Obesidade 2009/2010. 3. ed. Itapevi, SP: AC Farmacêutica, 2009.

BRASIL. MINISTERIO DA SAÚDE Introdução Portal Brasil. Publicado em 06/09/2011 e revisado em 28/7/2014 –

http://www.brasil.gov.br/saude/2011/09/doencas-cardiovasculares-causam-quase-30-das-mortes-no-pais - acesso em 07/06/2016

COUTO, A. N.; WICHMANN, F. M. A. Flaxseed fl our effects on lipid profi le and women’s anthropometric. Alim. Nutr., Araraquara, v. 22, n. 4, p. 601-608, out./dez. 2011.

FONTANIVE, R.; PAULA, T. P.; PERES, W. A. F. Avaliação da composição corporal de adultos. In: DUARTE, A. C. G. Avaliação nutricional: Aspectos clínicos e laboratoriais. São Paulo: Atheneu, 2007. p. 41-63.

GE, PENGFEI et al. “The High Prevalence of Low HDL-Cholesterol Levels and Dyslipidemia in Rural Populations in Northwestern China.” Ed. Shahrad Taheri. PLoS ONE 10.12 (2015): e0144104.

MCRORIE JR, J.W.; MCKEOWN, N. M. Understanding the Physics of Functional Fibers in the Gastrointestinal Tract: An Evidence-Based Approach to Resolving Enduring Misconceptions about Insoluble and Soluble Fiber. Journal of the Academy of nutrition and dietetics. V.17,n.2, p. 251-164.

MOHAMMADBEIGI, ABOLFAZL et al. “Dyslipidemia Prevalence in Iranian Adult Men: The Impact of Population-Based Screening on the Detection of Undiagnosed Patients.” The World Journal of Men’s Health 33.3 (2015): 167–173.

NORNBERG, F. R. LIBERALI, R. COUTINHO, V. F. Efeito da β-glucana da aveia sobre o perfil lipídico in vivo. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo, v. 7, n. 41, p. 93 – 104, Set/Out, 2013.

PEREIRA, M. VAZ, I. R. MARQUES, J. SILVA, A. POLÓNIA, J. Guia de Reacções Adversas a Medicamentos. Disponível em:

promotion. Phytochemistry Reviews, v.2, n.3, p.401–417, 2003.

SALVO, V L M A; GIMENO, S G A. Métodos de investigação do consumo alimentar: entrevista. 2005. Revista Nutrição em Pauta.

SIMÃO, AF et al. I Diretriz Brasileira de Prevenção Cardiovascular. Arq. Bras. Cardiol., São Paulo , v. 101, n. 6, supl. 2, p. 1-63, Dec. 2013

WESTCOTT, N. D. MUIR, A. D. Flax seed lignan in disease prevention and health Phitochemistry Review. 2003; v2, n3, p 401-17.

WHITEHEAD, A. BECK, E. J. TOSH, S. WOLEVER, T. M. S. Cholesterol-lowering effects of oat b-glucan: a meta-analysis of randomized controlled trials. Am J Clin Nutr 2014;100:1413–21.

WHO – WORLD HEALTH ORGANIZATION. Media Center, Cardiovascular diseases (CVDs). Publicado em: janeiro de 2015.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Global status report on noncommunicable diseases 2010. Geneva; 2011.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Physical status: the use and interpretation of anthropometry. Geneva: WHO, 1995. (WHO Technical Report Series, n. 854).

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Physical status: the use and interpretation of anthropometry. Geneva: WHO, 1995. (WHO Technical Report Series, n. 854).

XAVIER, H. T. et al. V Diretriz brasileira de dislipidemias e prevenção da aterosclerose. Arquivos brasileiros de cardiologia, v. 101, n. 4, p. 1-20, 201


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Éricka Luanny Machado Maia