Velhice e educação ao longo da vida: um imperativo para um convívio mais humano

  • Raimunda Silva D' Alencar Universidade Estadual de Santa Cruz

Resumo

Embora já superada a falsa idéia de que velhice e educação não traduz uma relação adequada, a experiência de educação desenvolvida na Universidade Estadual de Santa Cruz, há doze anos, continua enfrentando desafios importantes, em especial pelo pouco envolvimento de docentes para uma contribuição efetiva nas atividades desenvolvidas, situação que acarreta desgaste para quem coordena. A proposta deste artigo é refletir sobre a trajetória dessa experiência, que vem oferecendo oportunidades às pessoas idosas do entorno da Universidade enquanto espaço de construção de saberes. Essas oportunidades tem contribuído para melhorar o nível de conhecimento e informações, valorizar e elevar a auto-estima, colaborando efetivamente com a melhoria da qualidade de vida desse segmento.

Publicado
2014-08-08
Seção
Artigos