Epidemiologia da tuberculose no município de Itabuna, bahia, Brasil: da pesquisa à extensão

  • Elizabeth Xaud MAron Setenta
  • Adriana Xaud Maron Setenta
  • Jamile de Souza Barreto
Palavras-chave: Epidemiologia, Extensão, Pesquisa

Resumo

Este artigo apresenta um sumário da situação epidemiológica da tuberculose em Itabuna, Bahia, como experiência do projeto de extensão: O controle da tuberculose: desafi os para educação e as práticas do trabalho em saúde da Universidade Estadual de Santa Cruz – BA. Objetiva descrever e analisar o perfi l clínico e epidemiológico dos casos notifi cados de tuberculose à Secretaria Municipal de Saúde entre janeiro de 2007 e dezembro de 2010, e evidenciar a intervenção educativa acerca da temática. O produto científi co da pesquisa articulado à educação e apoiado na amplitude da extensão acadêmica permite disseminar o conhecimento com intenção de também produzir, na sociedade, relações de transformação de pensar e fazer saúde. A pesquisa exploratória de abordagens qualitativa e quantitativa, retrospectiva do Sistema de Informação em Saúde, permitiu análise para além da epidemiologia. Os resultados apontam para aumento na incidência no ano 2010 em relação aos anteriores estudados, predomínio para o sexo masculino, adultos jovens e de cor parda, com escolaridade até o ensino fundamental. A forma clínica pulmonar multibacilar prevalece sobre as demais, com positividade de 75% dentre 67% do total de casos notifi cados que realizaram exame bacteriológico. A maioria dos casos clínicos, 65%, evoluiu para a cura, 12,5% abandonaram o tratamento e os óbitos corresponderam a 2,1%. O estudo afetou a concepção extensionista do projeto e ampliou sua ação educativa com intervenções sobre seus resultados, na perspectiva de novas possibilidades de enfrentamento desta realidade no âmbito do setor saúde.

Publicado
2014-07-11