A IMPORTÂNCIA DA ESPIRITUALIDADE NO ENVELHECIMENTO

  • Helena Finimundi Balbinotti

Resumo

A longevidade humana, isto é, a possibilidade do ser humano viver idades jamais alcançadas é uma realidade que desa a as sociedades e os governantes, assim como os indivíduos, na busca de um convívio adequado para as pessoas que chegam à última etapa da vida denominada de Adulto maduro. É necessário oportunizar dignidade, qualidade de vida e felicidade, além da espiritualidade, considerações muito maiores do que apenas os cuidados com o corpo. Evitar a despsicologização do idoso exige considerar que esses cidadãos não perdem, com o passar dos anos, os sentimentos, emoções, desejos e fantasias. Na velhice existe psiquismo, alma e oferecer uma escuta empática aos aspectos espirituais, pode fazer a diferença entre a manutenção da saúde ou o desenvolvimento de doenças. A espiritualidade faz parte do comportamento do indivíduo durante todo o ciclo existencial, uma vez que envolve, entre outras atividades, o perceber, o pensar, o conceber e o sentir, a fé e o acreditar. Desde a Antiguidade, a espiritualidade sempre foi de grande importância na bené ca evolução dos indivíduos e dos grupos humanos, principalmente para encontrar respostas que abrandassem as ansiedades, os medos e as ameaças a que todos estão sujeitos, entre eles a nitude e a morte. 

Biografia do Autor

Helena Finimundi Balbinotti

Psicóloga clínica, Psicanalista e Psicogerontóloga. Diretora do Clam-Clíni ca de Atendimento ao Adulto Maduro. Porto Alegre, RS. 

Publicado
2017-12-15