Poesia experimental portuguesa e a recriação da poesia canônica

Lueny Amanda Oliveira França, Mailson De Moraes Soares, Izabela Guimarães Guerra Leal

Resumo


Este estudo aborda a Poesia Experimental Portuguesa com o objetivo de mostrar como esse movimento literário, que teve início na segunda metade do século XX, configurou-se naquela época e até hoje possibilita criar e recriar novos experimentos. Aqui abordamos poesias experimentais produzidas com base em obras de autores canônicos. Os poemas analisados são: “Amor de Clarice” (2005), poema digital de autoria do poeta Rui Torres, alicerçado no conto “Amor” (1960), de Clarice Lispector. E o poema “Autopsicografia”, elaborado por Abílio José Santos, baseado no poema homônimo de Fernando Pessoa. Obras que demonstram a relevância e a magnitude que a PO-EX propõe, movimento que atravessou o século e ainda se diversifica e se adapta ao meio digital, em imagens e textos.

Palavras-chave


Releitura do cânone. Poesia de Rui Torres. Poesia de Abílio José Santos.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAGÃO, António. Intervenção e movimento. Jornal do Fundão, Lisboa, 1965.

BARTHES, Roland. Aula inaugural da cadeira de semiologia literária do Colégio de França. São Paulo: Cultrix, 2004.

COMPAGNON, Antoine. O trabalho de Citação. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1996.

HATHERLY E MELO E CASTRO. PO.EX: textos teóricos e documentos da poesia experimental portuguesa. Lisboa, 1981.

LARROSA, Jorge. Linguagem e Educação depois de Babel. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

LISPECTOR, Clarice. Amor: in Laços de Família, 1960. Disponível em: http://www.releituras.com/clispector_menu.asp. Acesso em: 17/12/2015

PESSOA, Fernando. Mensagem. A memória do Presidente- Rei Sidónio Pais. Quinto Império. Cancioneiro. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1981.

SOUSA E RIBEIRO. Antologia da poesia experimental portuguesa: anos 60 - anos 80. Coimbra, 2004.

TORRES, R. Ler Clarice Lispector, re - escrevendo Amor, 2003.

_________. Poesia Experimental e ciberliteratura: por uma literatura marginalizada. II Congresso de Literatura Marginal, 2004.

_________. Amor de Clarice, 2005. Disponível em: http://telepoesis.net/amorclarice/amor.html Acesso: 17/12/2015

HATHERLY, Ana. O espaço crítico: do simbolismo à vanguarda. Lisboa: Caminho, 1979.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 2526-4850

A Revista Litterata é indexada por: LATINDEX; ERIHPLUS; Dialnet; C.I.R.C.; WorldCat; Diadorim; PKP; CAPES; PVAF Search. É catalogada por bibliotecas universitárias dos Estados Unidos, Alemanha e Suiça, entre outras. 

    Resultado de imagem para dialnet Risultati immagini per worldcatCIRC EC3metrics    azul.jpg.jpg

    Risultati immagini per capes periódicos 

 Image result for stanford library logo