Biblioteca Viva: uma experiência de mediação em leitura no Salobrinho

Glória de Fátima Lima dos Santos, Vanessa Santos Lisboa

Resumo


Este artigo apresenta o projeto de extensão “Biblioteca Viva”, focalizando sua ação extensionista no Salobrinho. O projeto tem atuação em escolas de ensino regular das cidades na região de atuação do PROLER local, com o fim de aproximar o leitor do livro e da leitura, desenvolvendo habilidades e práticas leitoras.

A metodologia é interativa e sua operacionalização não é rígida. O que se mantém a cada presença na escola é a interação, a dialogia. Trata-se de uma ação de mediação em prol do exercício de ler como uma prática pragmática, social e educacional; para isto, os bolsistas e estagiários que atuam no projeto estudam e aprimoram sua atuação na relação mediador/leitor, visando a inserção do aluno no universo leitor e sua projeção na ação contínua de leitura. A seleção das atividades observa a faixa etária, série e desempenho das turmas, enfatizando a interação de práticas leitoras, o acesso a livros, autores e textos literários diversos e a produção de registros das leituras. Os resultados apontam uma desmistificação do ato de ler, aproximando o pequeno leitor do texto, de forma lúdica e prazerosa. Alguns indícios revelam uma melhoria na competência leitora, na socialização de leituras, e, consequentemente, na formação de neoleitores.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.