Análise da percepção da população adscrita à unidade de saúde da família Teotônio Vilela II sobre sua participação no conselho local de saúde

Nayara de Jesus Oliveira, Endy de Santana Alves Dórea, Sales Silva Nascimento, Fabia Carolina Matos Fidelis, Agno José Benício de Almeida Cajueiro, Regina Lúcia Lino Vieira, Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro

Resumo


Considerando a importância dos Conselhos Locais de Saúde (CLS) na realização do controle social e, uma vez criado o CLS do bairro Teotônio Vilela, Ilhéus, Bahia, o presente trabalho tem por objetivo analisar a percepção da população adscrita à área da Unidade de Saúde da Família Teotônio Vilela II (USF II), sobre sua participação nas reuniões do CLS, descrevendo seu conhecimento sobre o CLS e os fatores que interferem em sua participação no mesmo. Foi realizada uma pesquisa qualitativa com 28 moradores da área de abrangência da USF II durante o mês de janeiro de 2011, através de entrevista semiestruturada. Os dados colhidos foram submetidos ao método de análise de conteúdo de Bardin. Observou-se que a maioria da população adscrita à área da USF II não tem conhecimento do que seja um CLS, nem da existência dele no bairro. Além disso, há um grande descrédito da população quanto à eficácia do CLS. Percebe-se que há uma necessidade de esclarecimento para a população sobre o que é um Conselho Local de Saúde e sua funcionalidade, bem como a divulgação da existência do mesmo no bairro, e a demonstração de sua importância como instrumento na melhoria de saúde da comunidade.


Palavras-chave


Controle social; Conselho Local; Percepção da comunidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.