O convite para a suspeita filosófica: notas sobre o ensinamento heideggeriano nos Seminários de Zollikon.

  • Caroline Vasconcelos Ribeiro Universidade Estadual de Feira de Santana

Resumo

A convite do psiquiatra suíço Medard Boss, Heidegger ministrou seminários para psiquiatras e estudantes de psiquiatria na cidade de Zollikon. Dessa experiência, que durou uma década, resultou a obra Seminários de Zollikon, a qual contém as atas das aulas, registros de diálogos entre Heidegger e Boss e cartas enviadas pelo filósofo ao psiquiatra. Tendo essa obra como guia, pretendemos meditar sobre o modo como Heidegger tentou estabelecer com seus alunos um profundo olhar a respeito dos fundamentos ontológicos das ciências. Com esse artigo, almejamos indicar a natureza dos ensinamentos heideggerianos acerca da relação entre a ciência e a filosofia, bem como enfatizar o cuidado do filósofo na preparação e condução das aulas, cuja meta era convidar aqueles cientistas suíços a cultivar a suspeita filosófica.

Publicado
2015-09-25