Tradução e mediação: interações sociais entre colonos e os “tapuias” no Sertão das Jacobinas (1656-1697)

  • Solon Natalicio Araújo dos Santos Secretaria de Cultura da Bahia
Palavras-chave: Tradução, contatos, Sertão das Jacobinas, índios Payayá, missionários jesuítas

Resumo

Este trabalho consiste em um estudo dos contatos e da operação de tradução e organização dos símbolos entre os índios Payayá e os missionários jesuítas na segunda metade do século XVII, durante o processo de povoamento colonial do Sertão das Jacobinas. Fazendo uma releitura de trechos das cartas Sexennium Litterarum 1651-1657 e da Ânua de 1693, de autoria dos jesuítas Antonio Pinto e Manuel Correia, este estudo revela o dinamismo histórico-cultural das relações de contato entre os Payayá e os jesuítas, por meio dos descimentos e dos aldeamentos no Sertão das Jacobinas, e o processo de tradução e mediação pelo qual estes índios e missionários projetaram as suas imagens e universos simbólicos.

Publicado
2015-08-31