A ficção de Adonias Filho: para além da dimensão regionalista

Domício Filho

Resumo


O telefone já não tocava com a mesma frequência.
Fazia falta sua preocupação constante com os caminhos da cultura
brasileira e com o destino do Brasil, o fino humor com que ironizava as
vaidades da feira literária.
O meu amigo Adonias, já há algum tempo recolhido à sua ilheense
Fazenda Aliança, parecia começar a abdicar, discreto, de sua atuação na
cena cultural. Mais notadamente depois de seu último livro, a biografia
de Jean Henri Dunant, O Homem de Branco, o sofridíssimo fundador da
Associação Cristã de Moços, o idealizador da Cruz Vermelha.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.