A "globalização" da política na televisão: ficção ou realidade?

Ruth Wodak

Resumo


 Este artigo investiga a “glocalização” da série popular dramática de televisão norte americana Nos Bastidores do Poder (The West Wing), enfatizando (em alguns aspectos) um episódio em particular. Porque a política está inerentemente unida à linguagem, ao discurso e à comunicação, farei uma abordagem a partir da perspectiva da Análise Crítica do Discurso (abordagem histórico-discursiva), com destaque especial aos elementos da Teoria da Argumentação e da Retórica, e unirei esses estudos aos da mídia. Mais especificamente, tento elucidar de que maneira o conhecimento aprofundado dos topoi, que operam dentro de diálogos complexos e de interações, ajuda a revelar os objetivos políticos e didáticos da série (manifesta e latente), incorporados a uma longa tradição de transmissão de valores liberais americanos por meio de filmes e televisão. O episódio analisado neste artigo, Isaque e Ismael (que foi ao ar logo após o 11 de Setembro), é especial porque relata, de maneira explícita, os principais eventos da vida real; o tópico que tem em foco a “guerra ao terror” desloca a atenção da política interna dos EUA para um assunto que, de acordo com a política retórica americana, diz respeito ao mundo inteiro. Dessa forma, esse episódio une debates que acontecem em uma das instituições mais famosas do mundo, A Casa Branca, com aqueles que acontecem nos locais de trabalho ao redor do mundo: um verdadeiro momento “g/local”iii. A análise interdisciplinar permite uma visão para a construção discursiva intrincada e complexa de novas narrativas glocais, em especial, no período de crise política, revelando quais normas são projetadas e recontextualizadas local e globalmente, dadas as muitas traduções da série pelo mundo.


Palavras-chave


Análise da argumentação. Abordagem histórico-discursiva. Falácia. Ficcionalização da política.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor e Revista EID&A

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.