Poder e verdade na polêmica sobre o programa “Allimento para Todos”

  • Filipo Pires Figueira Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Discurso científico.Vontade de Verdade.Nutrição. Doria Jr.

Resumo

O presente artigo pretende explorar uma tese de Foucault (2016) segundo a qual o discurso da Verdade investe-se de um poder tal que, em nossa sociedade, invade e regula outros discursos. Para explorá-la, elegeu-se a polêmica estabelecida na mídia entre o prefeito da cidade de São Paulo, João Doria Jr., e diversos especialistas em nutrição sobre o programa “Allimento para Todos”. Foram selecionadas notícias e notas e, a partir delas, analisou-se a imbricação entre política e ciência, com base nas considerações de Foucault e Bourdieu. A análise dividiu-se em duas partes: primeiro, constatando como Doria, no campo político, valeu-se do discurso científico para legitimar seu programa; segundo, como os especialistas deslocaram a discussão do campo político para seu encontro-limite com o científico, redefinido a discussão. Concluiu-se que não apenas o discurso científico invadiu o campo político, como retirou do debate as suas características, invalidando a proposta de Doria.

Biografia do Autor

Filipo Pires Figueira, Universidade Estadual de Campinas
Aluno de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Linguística da UNICAMP. Interesses focados em Análise do Discurso e Estudos do Humor.
Publicado
2018-07-15
Seção
Artigos Inéditos