DIVERSIDADE DE IMPACTOS ECONÔMICOS DA COPA DO MUNDO FIFA DE 2014 NO BRASIL

  • Glauber Eduardo de Oliveira Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
Palavras-chave: Copa do Mundo FIFA, mega-eventos, impactos econômicos, turismo, Brasil

Resumo

A Copa do Mundo FIFA é um dos maiores eventos desportivos do mundo, movimentando centenas de milhares de pessoas e bilhões de dólares a cada edição. Diversos estudos têm buscado dimensionar os impactos econômicos desse evento sobre a renda dos países-sede. Contudo, além de efeitos quantitativos, a Copa também gera efeitos qualitativos sobre a economia, alterando não apenas sua dimensão, mas também sua forma. A descrição e a análise desses diversos impactos tem recebido pouca atenção na literatura científica até o presente. Desta forma, a presente pesquisa visa revelar a diversidade de impactos econômicos causados pela Copa do Mundo FIFA sobre a economia do país-sede por meio da análise do caso da edição de 2014 do evento realizada no Brasil. Para tanto, foram analisadas 305 notícias de jornal veiculadas desde sete anos antes do evento até o fim do ano de sua realização. A partir do conjunto de notícias examinadas notou-se que o rol de efeitos do evento é enorme, podendo ser identificadas mudanças na infraestrutura, fluxos turísticos, sistema de transportes, oferta de serviços de hospedagem, atividades de marketing e diversas outras atividades econômicas, além dos impactos sobre as contas públicas, a imagem do país e o mercado financeiro. No âmbito macroeconômico, além da renda e do PIB, a Copa do Mundo também apresenta impactos sobre a inflação e o emprego. Por fim, pode-se identificar o papel de referência exercido pelo evento em diversos sentidos.

Biografia do Autor

Glauber Eduardo de Oliveira Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Referências

BAADE, R. A.; MATHESON, V. A. The Quest for the Cup: Assessing the Economic Impact of the World Cup. Regional Studies, v. 38, n. 4, p. 343-354, 2004.

BLANCHARD, O. Macroeconomia. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

BOHLMANN, H. R.; VAN HEERDEN, J. H. Predicting the economic impact of the 2010 FIFA World Cup on South Africa. International Journal of Sport Management and Marketing, v. 3, n. 4, p. 383-396, 2008.

BURGAN, B.; MULES, T. Economic impact of sporting events. Annals of Tourism Research, v. 19, n. 4, p. 700-710, 1992.

CHOONG-KI, L.; TAYLOR, T. Critical reflections on the economic impact assessment of a mega-event: the case of 2002 FIFA World Cup. Tourism Management, v. 26, n. 4, p. 595-603, 2005.

DWYER, L.; FORSYTH, P.; DWYER, W. Tourism Economics and Policy. Bristol: Channel View Publications, 2010.

FERNANDES, I. P. Economia Do Turismo: Teoria E Pratica. Rio de Janeiro: Editora Campus, 2002. (Biblioteca IFSP).

FOLHA DE S. PAULO. Instituto ajusta critérios para aferir circulação de jornais; Folha é líder nacional. Disponível em: <http://folha.com/no1417947>. Acesso em: Jan. 2015.

GIBSON, H. J. et al. Psychic income and social capital among host nation residents: A pre–post analysis of the 2010 FIFA World Cup in South Africa. Tourism Management, v. 44, p. 113-122, 2014.

KIM, H. J.; GURSOY, D.; LEE, S.-B. The impact of the 2002 World Cup on South Korea: comparisons of pre- and post-games. Tourism Management, v. 27, n. 1, p. 86-96, 2006.

KIM, S. S.; MORRSION, A. M. Change of images of South Korea among foreign tourists after the 2002 FIFA World Cup. Tourism Management, v. 26, n. 2, p. 233-247, 2005.

KIM, S. S.; PETRICK, J. F. Residents' perceptions on impacts of the FIFA 2002 World Cup: the case of Seoul as a host city. Tourism Management, v. 26, n. 1, p. 25-38, 2005.

LEE, C.-K.; LEE, Y.-K.; LEE, B. Korea's destination image formed by the 2002 World Cup. Annals of tourism research, v. 32, n. 4, p. 839-858, 2005.

MANKIW, N. G. Introdução à Economia. São Paulo: Cengage Learning, 2010.

SANTOS, G. E. D. O.; KADOTA, D. K. Economia do Turismo. São Paulo: Aleph, 2012.

STABLER, M.; PAPATHEODOROU, A.; SINCLAIR, M. T. The economics of tourism. 2 ed. Londres: Routledge, 2010.

VARIAN, H. R. Microeconomia: princípios básicos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

VASCONCELLOS, M. A. S.; CARVALHO, L. C. P. Introdução à economia do turismo. São Paulo: Saraiva, 2006.

Publicado
2017-11-27